“Não há prognóstico para o fim da LJ”

Sérgio Moro comentou mais uma vez o cansaço e desgaste, mas disse que “não há prognóstico” para o fim da Lava Jato.

“As investigações continuam enquanto houver material.”

A Lava Jato, então, durará mil anos.