Barroso: ‘Não há qualquer crise institucional em curso”

Luís Roberto Barroso iniciou seu voto criticando o foro privilegiado.

Em seguida, afagou o Congresso:

“Não há qualquer crise institucional em curso. Recebi vários senadores e nenhum deles cogita enfrentar o Supremo.”

Ao voto, ministro.

7 comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200

  1. Sempre,sempre e sempre estes sujeitos não perdem as chances de ofender os militares.
    Fico surpreso com a forma impassível que estás declarações são recebidas pela FFAA
    Beira a covardia aos olhos de todos.
    Este Barroso,adv. do PT e esquerda é um mala sem alça, sempre com conversinhas sem propósito.

  2. Barroso é tão canalha quanto Gilmar Mendes, a única diferença é que defende outra facção criminosa: a dos “progressistas”. Quem não lembra do artigo que leu pela metade p/ melar o impedimento da presidANTA. Pilantra defensor de terrorista. Integrante da casta estatal. Barroso é mais uma vergonha maiúscula no STF.

  3. A Parcialidade do Juiz é coisa ABJETA !
    Barroso já aumentou o Empréstimo de dois milhões para Dois Bilhões, pagos em partidas de 500 MILHÕES ! Esqueceu que foi o mesmo da Dispensa de Licitação do Esdritorio dele nos pagamentos da Dilma antes de nomea-lo para o STF !
    Advogado em tribunal se torna ADVOGADO ADMINISTRATIVO a Serviço Politico de seus Nomeadores !
    VERGONHA !
    Está delirando !

  4. A Parcialidade do Juiz é coisa ABJETA !
    Barroso já aumentou o Empréstimo de dois milhões para Dois Bilhões, pagos em partidas de 500 MILHÕES ! Esqueceu que foi o mesmo da Dispensa de Licitação do Esdritorio dele nos pagamentos da Dilma antes de nomea-lo para o STF !
    Advogado em tribunal se torna ADVOGADO ADMINISTRATIVO a Serviço Politico de seus Nomeadores !
    VERGONJA !
    Está delirando !