Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

“Não havia desejo de mudança”, diz médica que rejeitou Ministério da Saúde

Ludhmila Hajjar comentou sua decisão de rejeitar o convite de Jair Bolsonaro para substituir Eduardo Pazuello
“Não havia desejo de mudança”, diz médica que rejeitou Ministério da Saúde
Foto: Reprodução/Instagram

Médica do Instituto do Coração, Ludhmila Hajjar comentou em entrevista para O Globo a decisão de rejeitar o convite de Jair Bolsonaro para substituir Eduardo Pazuello no comando do Ministério da Saúde.

Na primeira conversa, no Palácio do Alvorada, já ficou claro que não pensávamos igual. Realmente não havia um desejo de mudança por parte do governo. Tentei alinhar, disse que estava ali para ajudar, mas não deu. Não estou no Ministério da Saúde pois não houve convergência de ideias entre mim e o presidente da República. Respeitei-o muito porque ele disse exatamente o que ele pensa e o que ele esperava (de mim). Eu teria que entrar num mundo que de fato não faz parte daquilo que aprendi, que vivi, que estudei. Temos visões inteiramente diferentes.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO