Não minta, Claudio!

Outro que vai depor amanhã na ação contra a chapa Dilma-Temer no TSE é Claudio Mente, amigo de Vaccari com forte atuação no mercado financeiro – especialmente, fundos de investimento.

Mente, segundo o operador Zwi Skornick, recebeu em contas no exterior parte da propina dos contratos da Keppel Fels para a campanha que reelegeu a petista.

Faça o primeiro comentário