Não precisava, Gracinha

Por cinco votos a três, Graça Foster (que saudade…) não terá os bens bloqueados pelo Tribunal de Contas da União no processo sobre a compra da refinaria de Pasadena.

Viu, Gracinha, não precisava passar os bens para o nome de parentes.

Faça o primeiro comentário