ACESSE

"Não prendemos jornalistas no Brasil", diz Moro a O Antagonista

Telegram

Glenn Greenwald apelou para o vitimismo mais cedo no Twitter ao escrever que terão de “prender muitos jornalistas”, referindo-se ao compartilhamento dos diálogos roubados com outros órgãos de imprensa.

Questionado por O Antagonista, o ministro Sergio Moro disse que nenhuma autoridade falou em prender jornalistas.

“Não prendemos jornalistas. Ninguém nesse caso falou em prender jornalistas. Mais uma fantasia ofensiva, desta vez ao Brasil.”

Pergunta a Glenn Greenwald, do Intercept: por que só foram publicadas mensagens de autoridades envolvidas em decisões desfavoráveis aos acusados da Lava Jato? Mais aqui

Comentários

  • Enilze -

    Estão preocupados com a informação dos procuradores terem deletado as contas em abril. As msg bombásticas devem se desse período. O Telegram deve ter a data da inativação das contas e pode confirmar.

  • Carmen -

    Como alguém pode ser considerado "jornalista" se aceita publicar informações obtidas de modo criminoso? Que eu saiba as fontes trazem provas lícitas ou indicam caminhos investigativos.

  • Ana -

    Não se prendem jornalistas= democracia. Se prendem CORRUPTOS= criminosos. Tem que soletrar para as “vítimas “ da ignorância

Ler 259 comentários