Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Não sabemos se ainda tem muita coisa ou pouca coisa", diz almirante sobre óleo

O comandante da Marinha responsável pela contenção do óleo disse que ainda não é possível saber se há muito óleo vazado que pode chegar às praias brasileiras.

“O incidente, que é inédito, leva a várias ideias e muitas possibilidades. Não podemos descartar nenhuma possibilidade, todas tem que ser aventadas, e tomar medidas para sua mitigação possível. Como o óleo vem submerso, não sabemos se ainda tem muita coisa ou pouca coisa”, afirmou o almirante Leonardo Puntel.

Ele explicou que, diferentemente do caso das queimadas na Amazônia — no qual satélites captavam ondas calor –, no caso do óleo no mar, não existe um sensor aéreo capaz de detectar manchas submersas.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO