“Não saiu do plano teórico”, diz Ivan Marx

Ivan Marx afirma que Lula não era o “chefe do esquema” da compra do silêncio de Nestor Cerveró, como contou Delcídio do Amaral em sua delação.

O procurador diz também que “se demonstrou impossível provar que  Delcídio tenha sequer discutido o caso com Lula”.

7 comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200

  1. Este sujeito já deixou muito claro, ele trabalha com a “estrela do PT” na testa. Não foi o mesmo que inocentou a DilmANTA??? Ele inocenta até José Dirceu se cair nas maõs dele, ele não é Procurador da Republica, ele é Procurador da absolvição dos PTralhas.

  2. Lula, Dilma, Esteves, Bumlai, Mantega, todos acima de qualquer suspeita para o Dr. Ivan Marx. Joesley, policial que matou bandido em ação, funcionários do BNDES, Delcídio, esses seriam culpados?… ê Dr.!…

  3. olhem só = atentem = foquem, somente o nome do cidadão !

    precisa dizer + alguma coisa !

    ACCCCCORRRRRRRDDDDDDDDDDDAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    BRRRRRRRRRAAAAAAAAAAAAASSSSSSSSSSIIIIIIIIIIIIIILLLLLLL

    IdosA/Os Online !

  4. O procurador Ivan Marx é um velho partidário petista, foi o mesmo que pediu a inocência de Dilma o ano passado, não possui credibilidade e não investiga crimes de militantes da esquerda, dá um tempo e afirma não encontrar provas.

  5. Era não? E quem era? Será que tem alguma semelhança com o mensalão quando o ilustre ministro fujão, Joaquim Barbosa, disse depois de 7 anos de relatório que Lula não era o chefe da quadrilha? Tem que rir pra não chorar!

  6. Um partido centralizador como PT não sabia o que Delcídio estava fazendo. Ele tomou a decisão de compra do silêncio sozinho. P!Q!P! Conta outra. Não adianta, essa orra de país tá todo dominado por esses revolucionários cretinos, em todas as esferas.