Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Não se deve falar que pobre de direita é burro"

“Não se deve falar que pobre de direita é burro, porque muitos desses pobres votaram no PT, se declaravam lulistas até pouco tempo atrás”, disse a pesquisadora Esther Solano, em entrevista à BBC Brasil.

“Muito pouco mudou neste estrato, o que mudou foi a estratégia do Bolsonaro. Ele entendeu que num momento como o atual um subsídio emergencial é extremamente importante para as pessoas e pode fazer com que sua popularidade aumente. Para quem tem fome, a ideologia está muito longe. O discurso de ‘pobre de direita ser burro’ é claramente arrogante, preconceituoso, e uma falta de entendimento e de empatia com uma situação dramática que grande parte da população passa. E obviamente atrapalha muito a oposição porque faz com que as pessoas não consigam entender o outro lado, as necessidades que as pessoas estão passando. E faz com que a militância se torne um campo muito elitizado, arrogante e fora da realidade do cotidiano.”

Pobre de direita é lulista.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO