ACESSE

"Não se pode mudar a lei para proteger os seus", diz Olímpio, repercutindo entrevista de Moro

Telegram

O líder do PSL no Senado, Major Olímpio, comentou o trecho da entrevista de Sergio Moro à Crusoé no qual o ex-ministro disse que Jair Bolsonaro não vetou alguns pontos do texto do pacote anticrime modificado pelo Congresso “no mesmo mês em que foram feitas buscas relacionadas” a Flávio Bolsonaro, o 01.

“Eu concordo com o Moro. Naquele momento, documentei ao presidente e fiz manifestações, no plenário e na imprensa, pedindo ao presidente, pelo amor de Deus, que não vetasse dispositivos fundamentais para a aplicação da lei e da justiça.”

O senador acrescentou:

“Além disso, apresentei projetos para recuperar esses conteúdos, porque a lei é para todos. Não se pode mudar ou flexibilizar a lei para proteger os seus. Um absurdo. Um despropósito. O crime e o criminoso saíram favorecidos.”

Já o deputado bolsonarista Bibo Nunes continuou com suas críticas a Moro, que ele chamou de “bacharel”.

“O bacharel está tentando consertar sua deslealdade falando mais coisas desconexas ainda. Morro de vergonha do Moro.”

Leia também: EXCLUSIVO: MORO ATACA

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 45 comentários