Não se preocupe, Cunha

Integrantes da força-tarefa em Brasília garantem a O Antagonista que Eduardo Cunha será recebido de portas abertas caso resolva fazer delação premiada.

Apesar de Cunha alegar perseguição de Rodrigo Janot, ele avisa que não é nada pessoal.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200