Não seja duck, Duque

Vera Magalhães, da Veja, publica que ‘O Ministério Público Federal espera que a homologação da delação premiada de Nestor Cerveró “destrave’ as tratativas com Renato Duque e Jorge Zelada, que também hesitavam em contar tudo o que sabem. Para a Procuradoria-Geral da República, a defesa dos três diretores da Petrobras agia de forma combinada, mas a reviravolta no caso Cerveró obrigará cada um a agir por si.”

Renato Duque já é veterano em Curitiba. Como insistimos em dizer, se não abrir a boca, e logo, vai pegar cana dura à toa.

Não seja duck, Duque.

Renato Duque, esperando ajuda do PT