ACESSE

Não será fácil, mas "não é impossível", diz senador sobre chances de Eduardo

Telegram

Na avaliação de Marcos Rogério, vice-líder do DEM no Senado e suplente na Comissão de Relações Exteriores da Casa, Eduardo Bolsonaro não terá vida fácil ao ter seu nome avaliado no colegiado para o posto de embaixador do Brasil nos Estados Unidos.

“Não acho que seja fácil, mas não é impossível. Tudo é uma questão de articulação, de tato”, disse Marcos Rogério em conversa com O Antagonista.

“No caso dele, não é só uma indicação. É o filho do presidente”, completou o senador por Rondônia.

Como registramos mais cedo, Bolsonaro ainda não encaminhou a indicação de Eduardo aos senadores porque espera o sinal verde do próprio filho, que continua seu périplo pelos gabinetes do Congresso.

Ontem, Bolsonaro já havia dito que seria Eduardo quem decidiria qual é o melhor momento para que a indicação seja enviada ao Senado.

Bolsonaro e Toffoli: acordão à vista. Leia aqui

Comentários

  • Edelson -

    ESSE MARCOS ROGÉRIO DEVE ESTÁR ENTRE OS SENADORES QUE ENVERGONHAM SEUS ELEITORES, E NÃO TEM VERGONHA NA CARA.

  • Walkíria -

    Impossível é Deus pecar... já nesse antro, o pe cado é a norma vigente! Cí nicos odi osos!!! Fal sos e tra idores no jentos!

  • Roberto -

    Tá tudo dentro do acordão feito por Bolsonaro com o Congresso, STF, bancos, etc. Nesse acordão a classe média paga mais impostos com o fim das deduções no IR e a previdência.

Ler 9 comentários