ACESSE

Não sobra um

Telegram

Desde 1998, foram presos todos os governadores eleitos do Rio de Janeiro: Anthony Garotinho, Rosinha Garotinho, Sérgio Cabral e, agora, Pezão.

Também foram presos todos os presidentes da Alerj de 1995 a 2017: Sérgio Cabral, Jorge Picciani e Paulo Melo.

Não sobra um.

Renan promete a reforma da Previdência — e barrar os planos de Sergio Moro. Leia aqui

Comentários

  • Jo -

    Assim, ficou a prova de que o MAL EXEMPLO, no Brasil é um incentivo para aqueles que decidem entrar para a Política. Ainda dizem que a pena de morte não é uma solução de emergência !!!!!!!

  • Valéria -

    O que esse pessoal faz no Rio não é roubar, chama-se GENOCÍDIO!

  • Paulo -

    Pocilga da nação. E não adianta ficar bravinho.

Ler 134 comentários