ACESSE

"Não somos iguais perante a lei"

Telegram

Alvaro Dias, autor da PEC do fim do foro privilegiado, comentou no Twitter o acordo que líderes partidários na Câmara constroem para colocar um jabuti na proposta.

A ideia é proibir que juízes de primeira instância decretem medidas cautelares contra políticos, como prisão, quebra de sigilo bancário e telefônico e ordem de busca e apreensão.

“Na medida em que um juiz de primeira instância está impedido de decretas medidas cautelares, como a prisão preventiva de uma autoridade, não somos iguais perante a lei.”

E completou:

“É melhor votar com essa emenda do que deixar na gaveta. O Senado, depois, delibera a respeito. Nós não podemos deixar de lado essa oportunidade de dar essa salto civilizatório.”

Duas investigações em andamento podem tirar Renan Calheiros da zona de conforto. CONFIRA

Comentários

  • Sonia -

    Só as forças armadas para limpar o lixo que está virando o congresso

  • CARLOS -

    Cambada de F... D.... P...

  • Luciano -

    Que decepção Senador, perdeu uma boa oportunidade de ficar com boca fechada. Já está se juntando aos corruptos também?

Ler 39 comentários