Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

“Não sou censor do presidente”, diz Queiroga, sobre aglomerações de Bolsonaro

O ministro da Saúde declarou à CPI da Covid que não pode julgar ações do presidente da República: "As imagens falam por si"
“Não sou censor do presidente”, diz Queiroga, sobre aglomerações de Bolsonaro
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou à CPI da Covid que não pode ser responsabilizado pelas aglomerações promovidas por Jair Bolsonaro.

“Recomendamos as medidas não farmacológicas a todos os brasileiros sem exceção. O cuidado é individual, mas o benefício é de todos. O Ministério da Saúde tem se manifestado de maneira clara”, disse Queiroga.

“O presidente da República não conversou comigo sobre a atitude dele. Eu não sou um censor do presidente da República. O presidente da República não é julgado pelo ministro da Saúde”, disse.

“As imagens [sobre aglomerações] falam por si só. E não vou fazer juízo de valor sobre a conduta do presidente da República”, afirmou o ministro.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO