"Não sou obrigado a ir nas loucuras de um governo que está passando por momento de insanidade"

Telegram

Fausto Pinato, do PP, disse para a Veja que o governo passa por um momento de insanidade:

“Não sou empregado do governo. Ajudei a eleger esse governo, como muitos aqui da comissão, e temos o dever de corrigir as loucuras e os impropérios e erros do governo. Quem elegeu Bolsonaro não foi só Olavo de Carvalho, não. Muitos aqui, inclusive eu (…).

A estratégia desse governo é desmoralizar esse parlamento?! O ministro da Casa Civil diz que atende deputado. Atende onde? Atende onde? Saiu daqui e não atende deputado. É só a panela. Minha paciência esgotou. Não sou empregado dele e não sou obrigado a ir nas loucuras de um governo que está passando por momento de insanidade”.

Comentários

  • Paulo -

    Se não houver acordos monetários vultosos todos ficam cintra o governo. Estavam acostumados ao toma lá da cá. A mamata acabou cambada.

  • Allan -

    Pede pra sair e sai, vermelhinho. Eu diria palavras mais fortes sobre você, mas você não merece meu cuspe.

  • SAUL -

    vcs não param com essa publicidade odiosa! é impossível ler o antagonista!

Ler 185 comentários