ACESSE

"Não teríamos o Witzel como governador"

Telegram

Ontem, registramos a opinião de alguns líderes da Câmara sobre a quarentena para juízes que desejam disputar eleições.

O tema voltou à pauta depois que Rodrigo Maia disse concordar com Dias Toffoli e defendeu que é preciso avançar com algum projeto no Congresso impedindo juízes de entrarem na política antes de um determinado tempo fora da magistratura.

O próprio Maia afirmou a O Antagonista que a provável nova lei não poderá retroagir para alcançar, por exemplo, Sergio Moro.

O líder do Novo, Paulo Ganime, também afirmou que não faz sentido algum retroagir. Mas o deputado do Rio fez uma brincadeira:

“Não concordo e não vamos permitir isso, mas, para o Rio, se retroagisse, seria bom: não teríamos o Witzel como governador.”

Wilson Witzel é ex-juiz.

Leia mais: Foro privilegiado: o STF dividido de novo

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 30 comentários