"Não tinha a intenção de criar problema com Bolsonaro, com Lula ou com o papa"

Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD, reforçou a O Antagonista que o partido pretende ter uma candidatura própria ao Planalto em 2022.

Ele disse que, ao ter feito essa declaração — inicialmente a Josias de Souza, como registramos –, “não tinha a intenção de criar problema com Bolsonaro, com Lula ou com o papa”.

“O objetivo da candidatura própria é uma questão interna, desvinculada de partidos e governos. Reafirmo que não tem nenhum sentido um grande partido não dar prioridade para uma candidatura própria, até porque temos dimensão e bons candidatos.”

Kassab ponderou que esse posicionamento agora não descarta alianças, inclusive com Jair Bolsonaro.

“Mas falar em aliança neste momento seria a mesma coisa que jogar no lixo a tese da candidatura própria. É impossível? Lógico que não. Estou há muito tempo na vida pública e sei que as alianças são naturais e compreensíveis.”

O presidente partidário também negou que defender candidatura própria mude a postura do PSD no atual governo.

“Nós entendemos o papel do PSD na governabilidade e vamos continuar a dar governabilidade a este governo naqueles projetos que sejam bons para o país.”

Kassab, como de costume, disse que seu partido “não é Centrão”.

“Mas dizer que não é Centrão não significa que não tenhamos pautas em comum com o Centrão. O Centrão é como se fosse um partido, a gente tem pautas em conjunto com eles, assim como temos afinidades com o DEM, com o PSDB, com o PT.”

Leia mais: O DNA da corrupção: “Se gritar pega Centrão, não fica um meu irmão”
Mais lidas
  1. Mensagens de WhatsApp revelam que militares bolsonaristas perderam a chance de comprar vacinas

  2. Bolsonaro contradiz governador do AM e alega que governo não foi informado de falta de oxigênio

  3. Bolsonaro: leite condensado é para 'enfiar no rabo' da imprensa

  4. "Covarde" e "traidor"

  5. Huck 2026?

Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 31 comentários
TOPO