“Não tinha nenhum santo”

José Melo, governador do Amazonas, em entrevista à rádio CBN, sobre os mortos no Anísio Jobim:

“Não tinha nenhum santo. Eram estupradores, matadores…”

Faça o primeiro comentário