ACESSE

"Não vamos mais aceitar que Brasília trate esta crise por procuração"

Telegram

Suely Campos (PP), governadora de Roraima, comemora a liminar que suspendeu a entrada de venezuelanos no estado.

“É uma decisão que respeita o sentimento de todo um estado. Somos nós quem estamos lidando com as consequências de uma tragédia social em nossas fronteiras com a total omissão do governo federal.”

A chefe do Executivo local lembrou que desde maio o governo exige o fechamento temporário da fronteira e mais recursos da União para minimizar o impacto nos serviços públicos.

“Não vamos mais aceitar que Brasília trate esta crise migratória por procuração.”

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 10 comentários