Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

“Não vejo indício de crime”

Em março, o então ministro Eduardo Pazuello assinou um memorando de entendimento para a compra de 30 milhões de doses da Coronavac
“Não vejo indício de crime”
Foto: Pedro França/Agência Senado

Integrante da ‘tropa do cheque‘, o senador Marcos Rogério disse não ver “indício de crime” no vídeo em que ex-ministro Eduardo Pazuello aparece negociando a compra de 30 milhões de doses da Coronavac com um grupo de intermediadores. 

Vejo esse vídeo desmentindo a narrativa dos acusadores da comissão, que diziam que o governo não queria comprar imunizantes, afirmou o senador governista em entrevista à CNN Brasil.

Os imunizantes, segundo reportagem da Folha, foram oferecidos ao governo pelo triplo do preço estabelecido pelo Instituto ButantanA negociação ocorreu no dia 11 de março, no Ministério da Saúde, no gabinete do então secretário-executivo da pasta, Elcio Franco.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO