Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Não vejo o PT se esforçando pelo impeachment"

Para o presidente do Novo, o afastamento de Bolsonaro 'despolariza e enfraquece' Lula nas eleições do ano que vem
“Não vejo o PT se esforçando pelo impeachment”
Reprodução/redes sociais

O presidente do Novo, Eduardo Ribeiro, falou sobre os entraves que dificultam uma eventual adesão do partido aos atos da esquerda contra Jair Bolsonaro. As manifestações estão marcadas para o domingo que vem.  

Falta definir se realmente querem o impeachment ou se a pauta será só retórica eleitoral”, disse ao Estadão.

Não vejo o PT, por exemplo, se esforçando pelo impeachment. A saída de Bolsonaro despolariza e enfraquece o Lula nos eleições. O Novo está num espectro político diferente do restante da oposição, não temos articulação conjunta. Mantemos nossa posição institucional, mas o cenário depois do dia 7 de setembro, com o recuo constrangedor do Bolsonaro, assentou as forças políticas em Brasília de forma que, se nada muito grave acontecer, o impeachment se tornou muito improvável. O Centrão e o PT não querem.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO