Nascimento do filho suspende viagem de Pacheco à Bahia

Nascimento do filho suspende viagem de Pacheco à Bahia
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Rodrigo Pacheco (DEM) iria hoje até Salvador para reuniões com lideranças do PSD, o primeiro partido a declarar apoio a ele na disputa pela presidência do Senado.

Mas o filho do senador de Minas Gerais nasceu e ele decidiu cancelar a viagem.

O PSD, que tem a segunda maior bancada da Casa, com 11 integrantes, quer manter os espaços atuais — como primeira vice-presidência, primeira secretaria e Comissão de Assuntos Econômicos — e ainda conquistar mais uma comissão.

Parte do MDB que não engole a candidatura de Simone Tebet, porém, como noticiamos, diz já ter recebido, nos bastidores, a sinalização de Pacheco de que a legenda, dona da maior bancada, com 15 integrantes, ficará com a primeira vice-presidência.

“Essas negociações ainda estão acontecendo. Muita coisa vai mudar até o dia da eleição”, disse um senador envolvido nas conversas.

Mais cedo, com a confirmação do apoio do PDT, Pacheco, em tese, alcançou o número de votos mínimo necessário para ser eleito. A votação é secreta e os dois lados apostam em traições.

Leia mais: Nenhuma outra publicação cobre o STF com a independência, o olhar crítico e as informações de bastidores da Crusoé
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO