Natal sem indulto

Com o julgamento paralisado no STF sobre a validade do indulto de Natal do ano passado, Michel Temer não deverá assinar novo decreto de perdão a criminosos neste ano, informa O Globo.

A Corte já tem maioria de seis votos favoráveis ao indulto de 2017 que beneficiou corruptos, mas segue em vigor uma liminar de Luís Roberto Barroso que suspendeu o perdão para os crimes de colarinho branco.

Temos uma chance única de começar a limpeza do Judiciário. LEIA AQUI

Temas relacionados:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 35 comentários
  1. Os verdadeiros “indultos”, bem aceitos no STF, são os HCs dos ilustres da Segundona, Gilmar e Lewandowski, e do Marco Aurélio e Dias Toffoli! Nada como ter juízes de estimação na Suprema Corte!

    1. O contribuinte, como Davi-Eleitor, desratizou o Executivo e o Legislativo. Mas sua pontaria, apesar de boa, deixou escapar vampiros: Nosferatu, Incubo, Drácula, Chupacabra e Barbiturato.

  2. A população tem que deixar de ser hipocrita, e exigir que o congresso aprove as leis que realmente coloquem as coisas em seus devidos lugares, aplaudir ministro do STF que afronta a CF é ser trouxa

    1. Concordo com vc, todos os ministros afrontam a constituição!!! Não vou aplaudir o Toffoli por ter feito o trabalho dele! Na melhor das hipóteses, aplaudo o farol alto do jipe!!!

    2. Acontece que não vai. Enquanto tiver militantes de partidos comunistas por lá, a bandidagem estará protegida. É assim desde 1889, com o golpe republicano.