"Natimorto", diz deputado, sobre Renda Brasil

O deputado Marcelo Ramos (PL), pré-candidato à sucessão de Rodrigo Maia, disse que o Renda Brasil é um programa “natimorto” e elogiou a decisão de Jair Bolsonaro.

“A posição do presidente de não permitir tirar do pobre para dar renda ao paupérrimo é absolutamente acertada e merece meu aplauso. Tem que ter coragem de mexer com o andar de cima.”

Há pouco, como noticiamos, Jair Bolsonaro gravou um vídeo em que, irritado, decretou o fim do Renda Brasil, que ainda estava na fase embrionária — o programa substituiria o Bolsa Família.

Ramos aproveitou o momento para defender o fortalecimento do Bolsa Família.

“Penso que, diante da fala dele, devemos acelerar a tramitação da Câmara da PEC 200/19, que constitucionaliza o Bolsa Família, e do PL 6.072/19, que reorganiza os benefícios, ambos da deputada Tabata Amaral e subscrito por todos os líderes.”

No fim do ano passado, a Câmara criou uma comissão especial para debater o objetivo de tornar o Bolsa Família uma política de Estado, não mais de governo. A comissão faz parte do pacote de proposições da chamada Agenda para o Desenvolvimento Social capitaneada por Rodrigo Maia.

Leia mais: Exclusivo: a casa secreta de Brasília
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 7 comentários
TOPO