ACESSE

Negócios em família

Telegram

A Operação Acrônimo apontou Antônio Maciel Neto como intermediário de propina da Caoa a Fernando Pimentel.

Maciel Neto é concunhado de Luciano Lewandowski, irmão do ministro Ricardo Lewandowski, além de parceiro em empreendimento imobiliário (veja documento abaixo).

Maciel foi contratado pela Caoa em 2013, quando o grupo negociava a compra do BVA, citado em diversos esquemas de corrupção.

Em 2014, o Valor revelou que Ivo Lodo vendeu 19 imóveis ao empresário Carlos Alberto de Oliveira Andrade dias antes da intervenção do Banco Central.

O Antagonista já mostrou que José Carlos Bumlai obteve R$ 30 milhões em empréstimos do BVA antes da intervenção do Banco Central.

Ivo Lodo tem como advogado Cristiano Zanin, o mesmo de Lula.

Comentários

  • PT -

    Esse Maciel quase quebrou a Cia Suzano.

  • Endireita -

    Este pessoal pensava que eram donos do Brasil. Bem fizeram os militares em ter colocado pra correr esta gente em um passado não muito distante.

  • ORCRIM -

    ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA Fim do Foro Privilegiado já!

Ler 45 comentários