Nem Bolsonaro quer saber da PEC do voto impresso em 2021

Nem Bolsonaro quer saber da PEC do voto impresso em 2021
Foto: Marcos Brandão/Senado Federal

Na mensagem encaminhada ao Congresso Nacional, Jair Bolsonaro ignorou a PEC do voto impresso na lista de projetos prioritários do Poder Executivo.

Para ter validade nas eleições de 2022, a PEC do voto impresso precisaria ser promulgada até outubro deste ano. A proposta, de autoria da deputada Bia Kicis (PSL), está parada desde dezembro de 2019.

A matéria é defendida por Bolsonaro e foi usada como subterfúgio pela ala ideológica do governo para apoiar a candidatura de Arthur Lira (PP). “Se nós não tivermos o voto impresso em 2022, uma maneira de auditar o voto, nós vamos ter problema pior que os Estados Unidos”, chegou a afirmar Bolsonaro a apoiadores em referência às eleições nos Estados Unidos.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO