Nem candidatos de centro “conseguem se desvincular do ranço estatista”

Depois de igualar Jair Bolsonaro a Lula como risco à democracia, o editorialista do Estadão reclama da falta de uma candidatura “genuinamente de centro”.

“O que se tem até agora são postulantes que, malgrado se digam comprometidos com a responsabilidade fiscal e com as reformas, não conseguem se desvincular do ranço estatista que tanto mal faz ao País.

Ao hesitarem na defesa cristalina das privatizações e da redução dos gastos públicos, por entenderem que isso não dá voto, esses candidatos indicam que, uma vez eleitos, não terão a necessária capacidade de liderar um processo de arregimentação de apoio político para as duríssimas medidas que terão de ser tomadas, se pretenderem de fato evitar o colapso das contas públicas.

O verdadeiro centro político, portanto, está à espera de quem o represente de fato. Na ausência desse candidato, ao país restará apenas a esperança de que vença o menos pior. Esta seria uma aposta na mediocridade, isto é, no desastre.”

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 59 comentários
  1. A breguice bolsonarita.
    Os BOLSONARISTA são bregas demais.
    Como os petralhas, que são barangos.
    Em excesso. Cafonas e barangões.
    Adoram e veneram o super barango do Sertanejo-Universitário.
    É isso aí, certo?

  2. Toda a imprensa esta unida para denegrir a candidatura do Bolsonaro mas seu intento não esta tendo os resultados esperados e assim muito provavelmente o Bolsonaro será eleito em primeiro turno.

  3. Mediocridade é PT,PMDB E PSDB.
    Bolsonaro já AFIRMOU várias vezes que é favorável a privatização.
    Agora privatizar NÃO É BLACK FRIDAY do BANDIDO, LADRÃO, ENTREGUISTA E SOCIALISTA
    FHC, que vendeu o patrimônio público a preço de banana e encheu o bolso de dinheiro !
    Este é o tal CENTRO que a mídia a serviço da NOVA ORDEM MUNDIAL defende !

  4. e dinheiro pra imprensa,parada gay, parada hetero, parada negro, parada cor branco, parada pessoas baixas, parada pessoas altas, parada pessoas carecas, parada pessoas cabeludas, parada pessoas magras, parada pessoas gordas, parada pessoas nortistas, parada pessoas sulista caramba que tiver orgulho de suas caracteristicas que paguem com o dinheiro de seu trabalho nao com o meu e o seu dinheiro que pagamos nossos impostos ok..

  5. “… subestimado a candidatura de Bolsonaro apoiam-se em uma série de pressupostos equivocados como, por exemplo, a idéia de que (1) a preocupação prioritária do eleitorado brasileiro é com a economia; (2) o eleitor brasileiro tende a escolher candidatos moderados; (3) as declarações de Bolsonaro incomodam o brasileiro médio tanto quanto incomodam o próprio establishment; (4) candidatos de centro e centro-esquerda são alternativas viáveis à candidatura Bolsonaro; e (5) Bolsonaro não será capaz de montar uma campanha organizada e eficiente.”

    https://twitter.com/sensoinc/status/935913742935691265

    www1.folha.uol.com.br/opiniao/2018/01/1951975-por-que-bolsonaro.shtml –> Artigo de hoje do advogado de Bolsonaro.

    E nas 2 entrevistas na redetv Bolsonaro fala muito sobre privatizações.

    1. TucaNovo, você quer dizer. O novo se assemelha muito ao livre, com forte pauta econômica, passível de críticas, e um discurso isentão, pendendo pro progressismo. Tem que fazer igual como Bolsonaro faz, e pontuar as posições como cláusulas pétreas no estatuto do partido, como Bolsonaro fez no Patriota e fará no PSL, pra só assim poder se dizer agente de mudança real, e não ser só uma jogada de marketing.

  6. Não existe centro em política…não é ciência exata…ou vc é no máximo centro-direita ou centro-esquerda com o PSDB…e chega de esquerda no Brasil….#esquerdanuncamais

  7. Seguindo o comentário abaixo, um dos maiores ranços estatistas também é a verba pública municipal, estadual e federal para propaganda na imprensa, verba que só serve para comprar apóio político, opnioes favoráveis e para abafar denúncias de corrupção, se a grande mídia tivesse caráter pedia o fim e proibição da propaganda estatal no Brasil inteiro, porque será que não fazem? Não vejo nenhum jornal, emissora, revista ou jornalista defendendo o fim dessa mamata, novamente, porque será? Bolsonaro 2018

  8. Privatizar não resolve nada!!!
    Tem de haver é uma desestatização total, principalmente no setor financeiro.
    200 milhões de habitantes reféns de 3 bancos privados, daí aparece o amoeba e fala em privatizar a Caixa e o BB.
    Melhor venderem essas instituições mesmo, passem a Caixa para o Itaú e o BB para o Bradesco.
    Os bancos brasileiros são o cúmulo da incapacidade, os caras conseguiram quebrar sem ter concorrência.
    Acabar com o rotativo no cartão de crédito e lançar a dívida como ativos no balanço… Em país sério isso dá cadeia.

  9. É muito dinheiro.
    Mesmo quem ideologicamente sabe que as estatais são ruins para o Brasil, não consegue resistir à montanha de dinheiro que pode desviar delas.
    É simplesmente muito fácil. Dinheiro sem dono. Dando sopa.
    Vão combater as privatizações até a morte.

    1. A maioria analfabeta. Vem daí a “burrice”. É tudo graças aos desgovernos desse país e culminando com a rasteira baixa do lula ao passar os alunos de ano independente do seu aprendizado. E não consegui entender até agora os professores e intelectuais apoiarem essa ignorância e nome do comunismo.

  10. A imprensa brasileira fica falando que tem de privatizar (o que eu concordo) mas em nenhum momento é contra o gasto absurdo do governo com publicidade, com os muitos milhões entregues à Folha, Globo, Estadão, Veja e etc. Governo honesto não deveria gastar um centavo fazendo propaganda, bastaria ter uma página na internet explicitando os gastos, apenas isso.

  11. O que eu queria ouvir mesmo do editorialista era uma crítica à quantidade de dinheiro público que é gasto com a imprensa, seja através de isenções, seja através de anúncios ou de empréstimos do BNDES. Falar generalidades é muito fácil. Sem falar nessa verdadeira fixação pelo tal candidato de centro. Centro de que? Querem um candidato do PMDB, PSDB, DEM.. toda essa gente envolvida no assalto aos cofres públicos. Por que será???

  12. Um dos maiores ranços estatistas é a existência dos milhares de cargos comissionados que sugam o parco orçamento de estatais como Embrapa, Serpro, Inpe, Eletrobras, etc.

  13. Mentiras repetidas a exaustão. Quando a Direita surge na política, a solução passa a ser o centro, huahauhauahaua.
    Mas quando a esquerda dominava, a solução era manter a esquerda, kkkkkk

  14. O maior risco à pseudo democracia brasileira, foi toda a gestão dos famigerados governantes gerados pela “NOVA REPÚBLICA”, principalmente nas gestões de FHC, Lula e Dilma. Estivemos próximo de cair num regime como o da Venezuela. Felizmente o quadro está mudando para melhor e, com o próximo presidente eleito em 2018, essa situação vermelha pela qual passou o país, poderá sumir de vez do cenário político brasileiro.

  15. E qual é a dúvida de que não há mediocridade em todas essas opções de escolher entre menos péssimos? A política do Brasil está plenamente infestada de criaturas desqualificadas e sem a menor vontade e preparo para tomar decisões republicanas. Todos estão aí só para embolsar milhões e milhões de propinas e de mensalinhos de indicados para cargos nas estatais. Ou seja, candidatos novos e antigos são todos a mesma coisa. A mesma merd@. Sempre, claro, sob as bênçãos e patrocínio do $TF.

  16. Mas o que tem de errado com o editorial do Estadão? Por acaso eles disseram algo que não é absolutamente verdadeiro? Ao contrário das outras nações, o Brasil é um estado invertido. O cidadão sustenta o estado. Aqui, o cidadão se mata trabalhando para sustentar uma maquina pública incompetente, estatizada, relapsa, pentagruelica, perdulária, entupida de servidores que por sua vez são tapados de privilégios, e que não retorna quase nada em troca para o cidadão.

  17. O Brasil somente teve governantes de centro durante toda a sua história. Até que surgem Lula e seu filhote.
    A nossa grande mídia é a mãe de todos esses movimentos políticos, mas o dia desses agentes, todos eles, está acabando, sob pena do Brasil estar finalmente acabando de vez.

  18. É a dura realidade, Estadão! Como esperar algo de um povo que está longe de ser tão bom assim? Impossível! Mesmo que esse “brazuca” pareça jamais será eleito. O fato é que esse é um país de culto a malandragem. Basta ver a quantidade de brasileiros que dão golpe um no outro. Os casos são diários e infinitos. O brasileiro médio não tem moral nenhuma de reclamar que os seus representantes são omissos e corruptos. O brasileiro médio também o é! No seu dia a dia. Veja quantos não pagam suas obrigações. Assumem dívidas que sabem que não poderão pagar e apostam na leniência criminosas de leis feitas por juristas imbecis que são incapazes de entender a realidade em que vivem. Infelizmente, o candidato ideal , mesmo que exista, mesmo que apareça, será escorraçado por um sistema atrasado e viciado

  19. O problema do Brasil não são a “esquerda” nem a “direita”. O grande motivo para o país não decolar é o tamanho e a ineficácia do Estado. Não é possível drenar tantos recursos da sociedade produtiva para o elefante apenas manter suas estruturas anacronicas e suas elites regiamente remuneradas. E, o pior: não há, neste momento, nenhum candidato, à exceção de Amoedo, do Novo, com alguma proposta no sentido de desinflar o elefante…Pobro Brasil!

  20. Precisamos de políticos que amem o País e abracem de corpo e alma o desafio de corrigir o mesmo. Tudo está feio no nosso Brasil. As cidades são feias e pobres, com prefeituras mendigando dinheiro a Brasília para fazer qualquer coisa.
    Será possível que não haja uma liderança inteligente e idealista nesta porcaria ?
    Alguem com clareza de prioridades ? Tá difícil ser um bom brasileiro.

  21. “Nem candidatos de centro “conseguem se desvincular do ranço estatista””
    Ou melhor,
    Nem Imprensa de centro “conseguem se desvincular do ranço Esquerda Globalista”
    ..
    Bolsonaro cresce porque defende causas conservadoras, ignoradas pelos outros.

    1. Bolsonaro cresce porque o povo e ignorante como ele e acha que um presidente voluntarista vai conseguir resolver tudo.

  22. O fenômeno Bolsonaro deveria ser estudado mais profundamente, porque claro está que são faces diferentes da mesma moeda. Dizer o porque é óbvio, alguns leitores já o fizeram aqui. A questão mais intrigante é que atrás desse aparente vértice conservador da dita direita é, na verdade, apenas o embrião de uma revolta sem nome. Têm muito o que estudar!!! Agora esperneiem…

    1. Os barões da imprensa desaparecendo na desimportância de suas opiniões medíocres. Não enxergam, além de chavões, dentro da tempestade, um novo paradigma da comunicação e da manifestação da vontade do povo. Reformas que evitam tocar nos interesses dos poderosos só atacan o direito dos mais fracos. Velhas raposas reformando o galinheiro dos trabalhadores.

  23. Quem está no poder só pensa em permanecer lá e, em época de eleição, precisa engambelar a grande massa mais necessitada!!!!
    Precisamos de lideranças políticas contemporâneas e não retrógradas!!!