“Nem eles sabem o que têm”

O promotor Cássio Conserino, que acusou Lula e Marisa Letícia de lavagem de dinheiro, disse ao Estadão que “viu incoerência nas informações apresentadas” pelo Instituto Lula a respeito da compra do apartamento no Guarujá:

“O que eu posso falar é que é incoerente com as próprias notas do instituto. Antes eles tinham uma cota e agora eles têm uma unidade habitacional específica. Nem eles sabem o que eles têm”.