Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Nem para síndico, Pazuello

General avalia 'trocar' sua candidatura ao Senado pela disputa por uma vaga na Câmara, considerando o desgaste de sua imagem após o relatório final da CPI
Nem para síndico, Pazuello
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Considerando o desgaste de sua imagem após a publicação do relatório final da CPI da Covid, o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello (foto) tem sido aconselhado a disputar uma vaga na Câmara dos Deputados, em vez de tentar Senado.

“O general admite a aliados que vai concorrer a um cargo no Congresso em 2022, provavelmente pelo Rio de Janeiro, mas que está em dúvida a qual posto se candidatar”, diz a Folha.

Pazuello foi acusado pela CPI pelos crimes de epidemia com resultado em morte, emprego irregular de verbas públicas, prevaricação e comunicação falsa de crime, além de crimes contra a humanidade, nas modalidades extermínio, perseguição e outros atos desumanos.

O ex-ministro deveria saber que eleitor morto não vota.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO