Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Neto do cacique Raoni é exonerado da Funai

Patxon Metuktire, de 34 anos, neto do cacique Raoni, foi exonerado nesta semana do cargo que ocupava na Funai, no Mato Grosso.

A exoneração ocorre 18 dias depois de Raoni ter reunido 600 indígenas na aldeia Piaraçu, na terra indígena Capoto-Jarina, em um encontro no qual foi divulgada uma carta aberta denunciando o governo de Jair Bolsonaro por supostamente representar riscos de “genocídio, etnocídio e ecocídio”.

“O presidente Bolsonaro esteve falando muita coisa do meu avô. Entendo que houve algo, tanto que não me comunicaram nada, não explicaram nada”, afirmou o neto de Raoni à Folha.

Paxton era o coordenador-geral Norte de Mato Grosso da Funai no município de Colíder (MT). Ele foi nomeado em 2015, ainda no governo de Dilma Rousseff.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO