Newsletter: a estreia de Diogo Mainardi

Hoje, a nossa newsletter traz um texto inédito do Diogo, que escreverá todas as quartas-feiras. Ele explica por que O Antagonista não vai acabar.

Se você ainda não se inscreveu para recebê-la, basta colocar o seu endereço de email no campo do quadro abaixo.

Por causa de problemas técnicos, alguns leitores não estão recebendo a nossa newsletter. Se for o seu caso, por favor, mande o endereço de email para minhanewsletter@oantagonista.com

Boa leitura!

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 15 comentários
  1. Gente do céu ! Esta Fátima é muito ruim de serviços !! A mulher não consegue falar o que está lendo ! Engasgou em partícipe ! Ela nem deve ser saber o que é isto !

  2. Repito, se Michel Temer fizer qualquer tipo de acordo com Lula seu governo nasce morto e sem credibilidade nenhuma, Lula não é (nem que o FHC queira)uma liderança política importante, é apenas um fora da lei que ainda está solto por motivos que só a nosso surpreendente STF(pelo lado negativo)pode explicar, acho que o Antagonista, que parece ser lido pelo vice, deveria ajudar neste sentido.

  3. O depoente do TCU deixa claro os diversos crimes de responsabilidade cometidos pela louca. Vamos agora ver a cara-de-ppau dos vigaristas do governo que tentarão negar o fato com a mesma conversa para boi dormir de sempre.

  4. Se Michel Temer se reunir com Lula seja lá por qualquer desculpa que seja dada seu governo é natimorto, Lula não é uma importante liderança política, é apenas um fora da lei que ainda está solto por motivos que só a chocante (pelo lado negativo)justiça brasileira pode explicar.

  5. E AGORA, ALGUÉM AINDA TERÁ A DESFAÇATEZ DE CONTESTAR ESSAS EXPLICAÇÕES?! SÃO IRREFUTÁVEIS!!! SÃO CRISTALINAS!!! QUEM É ESSE SENHOR QUE ESTÁ FALANDO? QUANTA LUCIDEZ! QUANTA OBJETIVIDADE! PRECISAMOS DELE NO NOVO GOVERNO!!! ANTAGONISTAS, COMO É O NOME DELE? POR FAVOR.

  6. Dilmentira: – Eu vou mandar aí o Bessias com um documento “Muito Legal”, é sobre a manutenção dos salários e imunidade dos Ministros, para ser usado em caso de necessidade! STF, fique de olho!