“Ninguém apoia o Ciro”

“Ninguém apoia o Ciro”
Foto: Gilson Teixeira/ Divulgação

Em sua entrevista ao jornal O Globo, Flávio Dino classificou como uma “tragédia” um possível segundo turno entre Jair Bolsonaro e Ciro Gomes nas eleições de 2022.

No segundo turno em 2018, esse campo mais liberal, de centro, foi todo com Bolsonaro. Ninguém foi com Haddad. E ninguém não é excesso retórico, é literalmente. Nem o Ciro foi. Então, não pode chegar na eleição de 2022 com o ambiente tal que se o segundo turno, por hipótese, for entre Ciro e Bolsonaro, ninguém apoia o Ciro. Essa tragédia deve ser evitada. Precisa distensionar.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
TOPO