'Ninguém coloca CRM em cloroquina', diz Kalil

Ninguém coloca CRM em cloroquina, diz Kalil
Foto: Rodrigo Clemente/PBH

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, disse nesta segunda (25), em entrevista ao UOL, que nenhum médico arriscaria seu CRM (registro profissional) para receitar a cloroquina como “tratamento precoce” contra Covid-19.

“Tenho médico na família, meu filho me disse: ‘Pai, ninguém coloca CRM em cloroquina’. Não vão arrumar um médico para isso. Para eles [os médicos], é uma coisa muito importante, motivo de orgulho. [O governo federal] não vai arrumar nem no Exército”, declarou o prefeito.

Kalil também afirmou que Jair Bolsonaro “derramou dinheiro” na pandemia, mas lhe faltou liderança.

“Se ele não tivesse negado e liderado a nação, teria gasto a metade do que ele gastou [porque mais pessoas teriam aderido a protocolos de segurança]. Faltou a liderança que a gente está vendo na Europa. Faltou um líder para nos guiar.”

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO