ACESSE

"Ninguém está acima da lei", diz Camilo Santana sobre policiais parados

Telegram

Questionado sobre como anda a negociação com os policiais em greve no Ceará, o governador Camilo Santana apenas queixou-se da recusa deles em aceitar as propostas de reajuste salarial, que segundo ele, chegariam a 100% até o fim de 2022.

“O estado sempre permitiu o diálogo e as negociações com as forças de segurança. O que não podemos permitir é que grupos da segurança estejam fazendo o que a sociedade brasileira está acompanhando: com carapuças, balaclavas, usando as armas que a Constituição deu concessão para proteger a sociedade, e ameaçando a sociedade. Ninguém está acima da lei”, afirmou.

Basta de atritos com Bolsonaro. LEIA AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 37 comentários