Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

“Ninguém está furando o teto”, repete Bolsonaro, sobre orgia fiscal de Paulo Guedes

Durante inauguração de obras na Paraíba, o presidente da República voltou a responsabilizar a imprensa por erros no governo federal
“Ninguém está furando o teto”, repete Bolsonaro, sobre orgia fiscal de Paulo Guedes
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Durante solenidade de inauguração da obra do trecho final do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco, Jair Bolsonaro (foto) defendeu a concessão do Auxílio Brasil de R$ 400, mas não soube informar de onde sairia o dinheiro para pagar o benefício.

Como de costume, Bolsonaro criticou a imprensa ao falar sobre a orgia fiscal de Paulo Guedes, que defendeu o pagamento do benefício fora do teto de gastos.

“Como não buscamos atender os mais pobres? Temos 16 milhões de pessoas no Bolsa Família e o ticket médio está em R$ 192. O que nós decidimos? Passar todos para, no mínimo, R$ 400. Isso tudo com responsabilidade. Ninguém está furando o teto não, TV Globo! A TV Globo bateu duro em mim dizendo que era uma irresponsabilidade passar para R$ 400. Queria ver a [jornalista] Miriam Leitão viver com R$ 192”, disse Jair Bolsonaro há pouco.

Só para lembrar, após Paulo Guedes abraçar o populismo econômico e pedir licença para flexibilizar o teto de gastos, a Bolsa de Valores de São Paulo (B3) abriu as negociações de hoje (21) em queda de 2,05% e o dólar é vendido a R$ 5,654, em alta de 1,67%.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO