Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

No Brasil, 18% acreditam na cloroquina e 7%, no alho

No Brasil, 18% acreditam na cloroquina e 7%, no alho
Foto: Marco Santos/Ag. Pará

Pesquisa do instituto Ipsos mostra que 18% dos brasileiros acreditam que o uso da hidroxicloroquina cura a Covid-19.

O presidente do instituto, Marcos Calliari, disse ao Valor Econômico que é o segundo percentual mais alto entre os 16 países nos quais foi feita a pesquisa. “Só perde para a Índia nesse quesito.”

Calliari credita muitas dessas convicções do brasileiro à força das redes sociais como fonte de informação. “E a gente sabe das limitações das redes sociais como fonte de confiança”, afirmou o pesquisador.

O presidente do Ipsos destacou ainda que, no universo de 16 países estudados, o Brasil está “permanentemente entre os três mais mal informados”.

“Estão sempre a Índia, o Brasil e o México de um lado e o Reino Unido e França do outro lado, em termos de qualidade de informação.”

O Ipsos verificou ainda que, no Brasil, 11% das pessoas acham que a Covid-19 não ataca crianças. E 7% acreditam que ela pode ser curada pelo alho.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO