No caminho certo

Uma boa notícia: segundo a Folha, Michel Temer autorizou estudos para a criação de um regime único para aposentadorias de trabalhadores do setor privado e funcionários públicos.

Se o regime único for alcançado, não apenas o rombo da Previdência diminuirá de maneira significativa, como uma injustiça será sanada. Hoje, um trabalhador do setor privado recebe, no máximo, uma pensão de pouco mais de 4.500 reais por mês, enquanto um funcionário público pode ganhar mais de 30.000.

Faça o primeiro comentário