ACESSE

No Congresso, Guedes detalha proposta de reforma tributária

Telegram

Paulo Guedes participa logo mais, às 10 horas, de uma audiência na comissão mista da reforma tributária.

O ministro da Economia foi convidado para detalhar a proposta do governo.

Apenas a primeira parte da reforma foi apresentada pela equipe econômica. O texto unifica o PIS e o Cofins em um único imposto, a Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS), com alíquota de 12%.

O Ministério da Economia espera entregar até a próxima semana a segunda parte da proposta, que incluirá a criação de uma nova CPMF e a desoneração da folha de pagamento, entre outras medidas.

Aos parlamentares, Guedes apresentará números para sustentar a tese de que o imposto sobre transações financeiras é a alternativa viável para reduzir os impostos sobre a folha e aliviar empresas, que poderão fazer novas contratações.

O assessor da Economia Guilherme Afif Domingos antecipou a O Antagonista que o governo espera arrecadar R$ 120 bilhões com o “micro imposto digital” — como foi apelidada a nova CPMF.

Leia mais: Exclusivo: a casa secreta de Brasília onde ministro conspira contra ministro

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 15 comentários