No Mato Grosso, Taques ameaçado e Blairo impulsionando o compadre

No Mato Grosso, mais um senador de olho no governo em 2018: Wellington Fagundes (PR), cujo mandato no Legislativo só vencerá em 2022.

O atual governador, Pedro Taques (PSDB), suspeito de envolvimento em central de espionagem, tentará a reeleição. Seu vice, Carlos Fávaro (PSD), está sendo pressionado por representantes do agronegócio a disputar com o próprio Taques nas urnas.

Blairo Maggi provavelmente lançará o deputado federal Adilton Sachetti (PSB), seu compadre.

O senador José Medeiros (PSD) deverá tentar a reeleição. O deputado Nilson Leitão (PSDB) e o empresário do agro Zeca Viana, presidente do PDT no estado e desafeto de Taques, também se preparam para disputar o Senado.

Veja também:

Paraná 2018

Sergipe 2018

Tocantins 2018

Mato Grosso do Sul 2018

Rio Grande do Norte 2018

8 comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. CALDO RUIM… ELEITOR: JÁ IMAGINOU VC FINANCIANDO ESSES CORRUPTOS??? É O QUE VAI ACONTECER SE NÃO INVADIRMOS O CONGRESSO E BARRARMOS O FUNDO PARTIDÁRIO!!! CONTRA O VOTO EM LISTA/DISTRITÃO!!! CONTRA ANISTIA FISCAL AOS DEPUTADOS!!!

  2. Este Wellington Fagundes e companhia devia ta na CADEIA a tempo. Ate hoje tento achar os BURROS que votaram neste sujeito. bastar ver o RANKING DOS POLITICOS p/ se INFORMA. http://www.politicos.org.br/ Blairro , Sachetti e Leitao nao vale um Piqui Ruido. Devia no Brasil ter Pena de Morte ai sim Ladrao estaria no devido lugar e outros crimes tbm.

  3. o Pedro taques é tucano nesse caso o moro e turma da lava jato em Curitiba PR…vão blindar o pedro taques em caso de denúncias e vão abençoar sua candidatura à reeleição, só que nesse caso quem decide são juízes imparciais o povo através das urnas.

  4. “Notícia Bombástica” apresentada na capa do site como furo, sem dar os créditos ao veículo da qual foi retirada. Para ver os créditos e descobrir que é apenas Clipping, tem que clicar e abrir a “notícia”, gerando receita de anúncios. Muito ético.

© 2017 - O ANTAGONISTA Todos os direitos reservados