ACESSE

"No mínimo, um crime tributário e de falsidade ideológica"

Telegram

O assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz, vai depor nesta quarta-feira.

Como diz O Globo, em editorial, é preciso aproveitar o momento para abolir o “rachid” (e também para reduzir drasticamente o número de assessores no Legislativo):

“Faltam esclarecimentos de Flávio Bolsonaro e de Queiroz sobre o destino do dinheiro arrecadado na fraude — no mínimo, um crime tributário e de falsidade ideológica. Deve-se puxar este fio de meada para que o costume seja abolido do Legislativo. Se gabinetes de parlamentares convivem com manobras deste tipo, passa-se a entender por que há algumas bancadas em que a corrupção se tornou endêmica.”

QUAL É O PAPEL DOS MILITARES NO NOVO GOVERNO? VOCÊ PRECISA ESTAR POR DENTRO DO QUE ESTÁ ACONTECENDO NO PAÍS LEIA AQUI

Comentários

  • Wilson -

    O que.Flavio BOLSONARO tem a ver..vcs estão fazendo campanha para Renan

  • J_João -

    Moreira Franco fazendo a defesa de Bolsonaro... Culpado... O cadáver já começou a ser cercado pelas aves de rapina

  • J_João -

    Buuuaaaaaaá. Não falem mal dos meus CORRUPTOS. Vou chamar vocês de imprensa feia. Vou fazer beicinho. Buaaa. Feios.

Ler 133 comentários