Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

No PSDB, há quem acredite que Alckmin fica

O ex-governador e candidato ao Palácio do Planalto duas vezes pelo partido está sendo cortejado por legendas como DEM, PSD e PP
No PSDB, há quem acredite que Alckmin fica
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Geraldo Alckmin está sendo cortejado por partidos como DEM, PSD e PP, para que dispute o governo de São Paulo em 2022 enfrentando o candidato de João Doria, o atual vice, Rodrigo Garcia, que trocou recentemente o DEM pelo PSDB.

Mas há tucanos que não acreditam na saída de Alckmin do partido.

Um integrante da executiva nacional disse, em reservado, a O Antagonista:

“Não há discurso político para a saída. Ele teve a legenda três vezes para governador, duas vezes para presidente. Pediu prévias e teve garantias públicas de que ocorrerão. Qual seria o argumento político? Não gostar de Doria? E a massa de deputados, prefeitos e vereadores que seguiu com ele até aqui o apoiando e não deixará o partido? Para fazer uma mudança desse porte e com a história de coerência dele, tem de ter solidez no argumento.”

Alckmin pode acabar sendo candidato ao Senado pelo PSDB.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO