No rastro dos R$ 2 milhões de Bumlai

Aos poucos a Lava Jato vai decifrando o caminho dos R$ 2 milhões que Fernando Baiano entregou para José Carlos Bumlai pagar uma nora de Lula.

A informação sobre o destino final da propina ainda não está clara, mas a PF já descobriu que o dinheiro depositado na Transportadora São Fernando saiu da empresa Central de Tratamento de Resíduos Alcântara S/A.

A CTR Alcântara tem sede em São Gonçalo, no Rio. Seus sócios integram outras empresas, algumas prestadoras de serviço da prefeitura de São Paulo.

Em breve, mais informações.

Faça o primeiro comentário