“Nome social”, uma prioridade paulistana

A prefeitura de São Paulo decidiu permitir que o “nome social” de transexuais e travestis sejam inscritos nas lápides dos cemitérios municipais.

É uma administração inteiramente voltada para as prioridades da cidade.

 

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Enquanto isso seguem ocupados ilegalmente aproximadamente 70 edifícios, na capital.
    E pasmem a Prefeitura está, acompanhada dos movimentos por moradia, vistoriando aquelas “ocupações” que apresentam algum risco aos seus “ocupantes”.
    Incluindo ai o “risco” de serem mandados pra cadeia, que é o lugar correto para abrigar quem invade, ocupa, toma, se apropria, daquilo que não lhe pertence.

Ler mais 58 comentários
  1. Enquanto isso seguem ocupados ilegalmente aproximadamente 70 edifícios, na capital.
    E pasmem a Prefeitura está, acompanhada dos movimentos por moradia, vistoriando aquelas “ocupações” que apresentam algum risco aos seus “ocupantes”.
    Incluindo ai o “risco” de serem mandados pra cadeia, que é o lugar correto para abrigar quem invade, ocupa, toma, se apropria, daquilo que não lhe pertence.

  2. Nota-se o viés mesquinho e homofóbico de quem escreve este texto. De fato é muito importante e um ganho para a sociedade que pessoas iguais a nós possam ter o seu nome social inscrito numa lápide. Foi medida sem custos para o estado e que apenas promove justeza social. Não sei o que isto poderá incomodar.

  3. Essa farsa criada e alimentada por comunistas não fará com que as almas desses pobres seres subam travestidas do que a loucura os impôs, subirão mesmo como machos e fêmeas, aquilo que sempre foram segundo os desígnios de Deus.

  4. Não existem outros sexos que não sejam um macho e uma fêmea, o resto é trabalho de comunistas, socialistas e outros dementes ideológicos, trabalhando pela loucura de desavisados e tolos. O PSDB é um partido comunista, continua impondo suas bandeiras ideológicas em cada detalhe das administrações que se enfiam, entendeu Alckmin o porque não decolas seu traste, pergunte por exemplo ao prefeito de São Paulo, mas também não se esqueça do decreto que tu assinou autorizando que meninas das famílias paulistanas em colégios públicos vejam pintos de marmanjos em seus banheiros.

  5. A homofobia é abominável sob todos os aspectos. Todos os cidadãos de uma sociedade aberta e plural devem podem exercitar livremente sua orientação sexual, a não ser, é claro, que ela implique no cerceamento da liberdade de terceiros. O respeito à privacidade é valor inafastável de qualquer sociedade civilizada. A rejeição à intrusão estatal na vida íntima dos cidadãos é tão manifesta nos EUA que levou a Suprema Corte daquele país a proibir os estados de editar leis que busquem criminalizar o sexo consensual entre homossexuais adultos, vedar ou restringir o uso de contraceptivos e impedir a realização de abortos. O mundo seria um lugar bem melhor para se viver se todas pessoas seguissem à risca a seguinte regra de conduta: trate os outros com o respeito com que você espera ser tratado.

  6. O voto feminino e a emancipação civil da mulher foram consideradas questões não prioritárias por indivíduos que a elas se opuseram. A luta de entidades em favor da promoção dos direitos civis de transexuais e travestis deve ser apoiada pelas pessoas que realmente acreditam na validade do comando constitucional que afirma que a construção de uma sociedade livre, justa e solidária é objetivo a ser perseguido pelo Estado brasileiro.

  7. JAMAIS contem com meu voto… Não votava pelo fato de a avó deste vice prefeito ter requerido bolsa ditadura, agora…. piorou… Nem quero ouvir o nome COVAS, que se lasquem em uma COVA.

  8. O ministério da educação (MEC) durante os 13 anos de governo petista, primeiramente destruiu todas as reformas do ensino que foram implantadas no governo FHC (lembram do provão). Depois estabeleceu como prioridade a implantação da ideologia de gênero nas escolas, do kit ga y do Fernando Haddad e do doutrinamento comunista através de professores comunistas que criminosamente faziam lavagem cerebral aos alunos nas escolas. Não é dificil imaginar para onde foi a educação no Brasil na era PT.
    Quando o Doria foi eleito prefeito da cidade de São Paulo a esperança voltou mas, a administração Doria não é capaz de controlar meia duzia de xiitas petistas da prefeitura. Recentemente o Alckmin sancionou a lei que criou o “dia do orgulho crespo” em São Paulo. Só falta virar feriado para vagabundo.

  9. As lutas das sufragistas em prol do voto feminino foram consideradas uma excentricidade no começo do século XX, entre outros motivos, por tratarem de uma questão que não era considerada prioritária por largas parcelas da sociedade. O respeito à livre orientação sexual das pessoas e aos consectários legais dela resultantes é pressuposto inarredável de qualquer Estado alicerçado em valores democráticos.

    1. Cara, você é uma piada. É mais um imbecil esquerdista pagando de intelectual que ajuda a afundar esse site de fofoca que o Antagonista virou. Vai dar a bunda e não enche o saco, seu lixo.

  10. Não bastasse os anos petistas que viraram do avesso os costumes a atual administração parece achar que está sobrando tempo para se preocupar com coisas como essa. Uma coisa é ter respeito, outra é priorizar pautas menores.

  11. TUCANOS otários, enquanto sequem a cartilha progressista, o eleitorado de centro corre para Bolsonaro,
    Bolsonaro presidente
    Doria governador
    Bruno Covas, SE LIGA MANO!!

  12. A qualquer indivíduo, independente de sua orientação sexual, deve ser assegurado o direito de ostentar o nome que bem entender. O reconhecimento de direitos civis elementares é prioridade de qualquer Estado que se pretenda democrático. Inoportuno e preconceituoso este post.

    1. Isto não deveria valer também para os que acreditam ser Napoleão, ou qualquer outra personalidade do passado ou algum outro ser? Tem uns que acreditam ser extraterrestres ou divindades.
      Por que há uma seletividade em o que se pode pode acreditar ser o que é, e outros são considerados com algum distúrbio psiquico como por acreditarem serem outras coisas ou seres? Todos deveriam ter o mesmo direito respeitado então, já que o princípio sociológico atual de realidade convencionado é o de o que se acredita ser.
      Será que o que se acredita ser é o princípio que deva ser utilizado em detrimento de dados concretos?
      Algum especialista responda para nossos esclarecimentos.

  13. Sou contra o uso de nomes para todos os fins. Documentos e lápides tem que ter o RG o original da pessoa. A sociedade vai implodir com tanta bizarrice. Usar o nome de batizado que foi dado por seus pais sempre foi a maior honra na humanidade. No que estão querendo transformar nosso mundo?

  14. Que catso e “nome social”? Tá na certidão? Tem alguma valia do ponto de vista social ou é uma identificação política dos defuntos? Dúvidas, dúvidas, dúvidas! Qual o nome social para homens heterosexuais, calcasianos, alfabetizados, cristãos e que trabalham desde os 15 anos sem achar que isto é ruim? preciso saber o que colocar em minha sepultura (ou será tumba) quando for a hora.

  15. Se o sistema brasileiro já é cheio de fraudes… imagino como será no futuro para a lava Jato investigar políticos corruptos.. os laranjas vão usar dois nomes, vai ser um caos no Brasil. E no mais o que vai ter de casamento explodido.Homem desconfiando da melhor amiga da mulher dele, porque ela é ele… Um caos.Mulher desconfiando do melhor amigo do marido dela porque ele é ela. Um caos. Ainda bem que já sou casado.

  16. é uma normativa, dentre várias, direcionada à população LGBT. e, sim, as travestis, homens e mulheres trans têm o direito ao uso do nome social. por que não poderiam tê-lo após sua morte?

    1. Putzgrila! Neonazi porque questionou essa besteira da prefeitura? Você nem sabe o que quer dizer neonazista! Repete aí: é gopi! é gópi!, depois lulalivre! lulalivre!

  17. Bruninho queria ser prefeito? Então toma.
    Já teve seu batismo de fogo, com o perdão do trocadilho.
    Agora lembre de Aécio Neves e não emporcalhe o nome de seu avô.