Nos Estados Unidos, Caiado ataca “moral petista”

Ronaldo Caiado, em palestra hoje na Universidade da Pensilvânia, denunciou o golpe petista.

“O próprio Estado brasileiro, quando passou a atender a um projeto de poder de um partido, passou a fomentar a discórdia, a segmentação cada vez mais conflituosa entre ricos e pobres, produtores e índios, trabalhadores e empresários. Isso foi útil ao PT pois, a depender da conveniência, ele se colocava em favor de um dos lados e estimulava esse maniqueísmo.”

Sobre as eleições de 2014, o senador do DEM comentou:

“Criou-se uma tese de populismo desenfreado levando a um processo de anestesia da sociedade brasileira. E então passaram a incentivar esse sentimento de que todos os políticos são iguais. Uma tese com o claro intuito de desmoralizar as instituições a qual eu chamo de ‘moral petista’.”

Faça o primeiro comentário