Nota da TwoFlex

A assessoria de imprensa da TwoFlex enviou a O Antagonista o seguinte posicionamento em relação à nota O voo suspeito do empresário que fugiu do tiroteio em Juiz de Fora.

1. A TwoFlex é uma empresa de táxi aéreo que opera em 174 aeroportos e cumpre rigorosamente os procedimentos para o transporte de passageiros. No caso do empresário Flávio Guimarães, ele contratou o voo e apresentou os documentos normalmente requeridos para o embarque, e inclusive sequer levava malas. Não compete a empresa investigar os motivos da viagem dos seus passageiros.

2. Em relação ao transporte do ex-ministro José Dirceu, Rui Aquino e a TwoFlex nunca foram investigados, denunciados ou se tornaram réus no âmbito da Lava Jato.

3. Em relação ao programa desenvolvido em Minas, não há qualquer beneficiamento ilícito. A TwoFlex venceu uma licitação dentro da legalidade.

5. O Sr. Rui Aquino não é mais sócio da TwoFlex, há dois anos, e nunca foi sócio da Flex Aero.

6. A TwoFlex é uma empresa reconhecida por sua atuação no mercado de táxi aéreo, e cuja atuação sempre se pautou pela conduta ética, respeito à legislação e às normas do setor de aviação.

Você conhece os bastidores da trama petista para retomar o poder? Clique AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 23 comentários
  1. Todos são inocente, ou pressupõem. Isto é legal e não tem nada de mais. O fato é justamente essa aparição de pessoas ligadas ao pt e fazendo viagens, por ela. Chego á conclusão que é só coi

  2. “…e inclusive sequer levavam malas…………..” . Ok, mas os dólares estavam nos bolsos!? As emoções serão muitas após as eleições. A justiça será feita a Bolsonaro.

    1. É isso mesmo. Engraçado. O post do Antagonista não mencionou nada sobre mala. Porque a nota da empresa fez questão de frisar que o passageiro inclusive sequer levava malas. Nota e álibi, perfeit