Nota de Nelson Tanure

Nelson Tanure enviou a O Antagonista uma nota sobre notícia de Lauro Jardim, reproduzida por este site, de que a Polícia Federal está investigando a SM e a PetroRio, empresas controladas por ele.

“Tomei conhecimento pela coluna de Lauro Jardim de um inquérito sobre suposta investigação em torno da Oi.  Ao que tudo indica – eu não tenho uma prova mas apenas uma dedução -, a denúncia foi fabricada pela atual administração da Oi com o único propósito de desviar a atenção das autoridades e da opinião pública para as gravíssimas acusações que pesam sobre a gestão da Oi.

Os atuais dirigentes da Oi, responsáveis por causar a crise da empresa, continuam a receber salários e bônus muito acima dos de mercado de telecomunicações, conforme levantamento publicado pelo jornal Valor Econômico (26 de junho de 2018), apesar dos resultados cadentes da companhia.

Eu fiz parte do Comitê de Investimentos do Fundo Société Mondiale, acionista da Oi até o início deste ano, e sempre defendi as melhores práticas de gestão, visando a um Plano de Recuperação Judicial que assegurasse o crescimento sustentável da Oi. Nem poderia ser diferente.

O Société Mondiale sempre agiu de forma lícita e no interesse de todos os acionistas da Oi. Por isso, causa-me estranheza a informação publicada na coluna de Lauro Jardim. Não tenho dúvida de que, em breve, a verdade dos fatos aparecerá no âmbito da Justiça. Qualquer investigação transparente e independente comprovará o que eu afirmo neste comunicado.”

Temas relacionados:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 3 comentários
  1. É de se esperar que, depois de mais este fiasco, O Antagonista entenda de uma vez que o que Lauro Jardim afirma, afiança ou diz não deve ser levado em conta para nada. Já deveria bastar a forma como Jardim deu o tiro de largada para a tentativa fracassada de golpe de estado de Rodrigo Janot, mas..