Nota do PP

O Partido Progressista divulgou nota para dizer que “todas as doações recebidas foram legais e devidamente declaradas e aprovadas pela Justiça Eleitoral” e que “não compactua com condutas ilícitas”.