Nota pronta, Caju?

Romero Jucá, líder do governo no Senado, divulgou uma nota logo que soube de mais um inquérito aberto contra ele no STF:

“O senador Romero Jucá nega que tenha recebido recursos para beneficiar empresas por meio de medidas provisórias. Em relação a uma acusação específica, o senador anunciou em plenário o veto a uma emenda que supostamente teria sido comprada. Em outra, o próprio acusador do senador já desmentiu a informação e disse que não pagou nenhum valor ao senador.”

Faça o primeiro comentário